noticia / seg-noticias---idec-lanca-campanha-por-limite-a-reajustes-dos-planos-d

SEG NOTÍCIAS - Idec lança campanha por limite a reajustes dos planos de saúde


Na última terça-feira, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) lançou campanha contra iniciativa das operadoras de planos de saúde que têm pressionado a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e a Presidência da República para desregular o setor de planos de saúde. As empresas querem o fim dos limites aos reajustes e aos cancelamentos unilaterais, regras que hoje valem para planos individuais e familiares, a realidade de cerca de 10 milhões de consumidores. Por outro lado, a campanha do Idec pede que essas regras, em vez de serem suprimidas, sejam estendidas aos mais de 40 milhões de contratos de planos coletivos (empresariais, por associações ou por sindicatos).

 

Para evitar essa mudança, o Idec lançou um abaixo assinado, disponível em seu site, que pede que o governo imponha regras a todos os planos de saúde e não permita que contratos sejam cancelados quando as empresas quiserem. Essas assinaturas serão entregues à Presidência da República, com cópia para a Casa Civil, o Ministério da Justiça e o Ministério da Saúde.

 

Atualmente, os consumidores têm seus direitos previstos no Código de Defesa do Consumidor claramente violados com os reajustes atuais, incompreensíveis e abusivos, porque são elevadíssimos e muitas vezes incidem de uma só vez, em percentuais insuportáveis. 'Pesquisas do Idec mostram que, em muitos casos, os reajustes podem ser maiores que 100%. Também já detectamos em nossas pesquisas que o consumidor que quer um plano de saúde com reajuste controlado e sem cancelamento pela operadora, isto é, um plano individual ou familiar, não encontra mais. Por isso, o Idec acredita que a ANS deva regular não só os planos individuais e familiares como os coletivos', explica Joana Cruz, advogada do Idec.

 

Registros de incêndio aumentam 33% no primeiro semestre

 

Durante o primeiro semestre deste ano houve um aumento de 33% no número de ocorrências de incêndio reportadas pela imprensa, quando comparado ao mesmo período de 2014. Foram 711 casos contra 534 contabilizados de janeiro a junho do ano anterior. As informações são do Instituto Sprinkler Brasil (ISB), que desde 2012 monitora diariamente os reportes de incêndio estrutural no país veiculados pela mídia. 

 

A pesquisa mostra que o maior número de ocorrências de incêndio no país neste primeiro semestre aconteceu em edifícios comerciais (31% em lojas, shopping centers e supermercados), seguido por indústrias (18%) e imediatamente pelos sinistros em depósitos (12%). Outro percentual bastante expressivo vem dos chamados locais de reunião de público (igrejas, teatros, aeroportos, clubes, estádios, casa noturnas, escolas de samba, restaurantes e bibliotecas), em que foram registrados 11% do número total de incidentes.

 

O diretor geral do ISB, Marcelo Lima, explica que a pesquisa considera os incêndios que ocorreram em diversos tipos de construções, como instalações industriais e comerciais, depósitos, bibliotecas, escolas, hospitais e hotéis, excluindo os incidentes em residências.

 

'O levantamento tem o objetivo de desenvolver uma estatística sobre ocorrências de incidentes causados por fogo no país, excetuando os residenciais e florestais. Os dados representam entre 2% e 3% dos incêndios que ocorrem de fato devido à indisponibilidade de números oficiais divulgados com regularidade por diversos Corpos de Bombeiros e à inexistência de um órgão nacional que compile esses dados', avalia.

 

Para efeito de comparação, no mesmo período de 2014, o instituto registrou 534 notícias sobre incidentes do gênero, o que representa uma média mensal de 89 matérias sobre o tema. Em 2015, a média de ocorrências registradas pela imprensa brasileira foi de 118 por mês.

 

O levantamento aponta ainda que o Estado de São Paulo lidera as ocorrências de incêndio divulgadas pela imprensa, seguido por Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

 

Para cada ocorrência foi contabilizada apenas uma notícia, inclusive nos casos de incêndio de grandes proporções e impactos que tiveram ampla repercussão em vários veículos de comunicação.

 

 

Fábrica de calçados é condenada a pagar integralmente plano de costureira com LER

 

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenou a Calçados Hispana Ltda. a pagar, de forma integral, o plano de saúde de uma costureira que ficou total e permanentemente incapacitada para o trabalho em decorrência de doenças osteomusculares e do tecido conjuntivo relacionadas ao trabalho (LER/Dort). O problema causa restrições também em âmbito pessoal, e necessita de tratamento médico constante, conforme laudo pericial.

 

Na primeira decisão do processo, o juízo da 5ª Vara do Trabalho de Aracaju (SE) determinou o pagamento do plano de saúde e de pensão no valor do salário (de cerca de R$ 1 mil) a título de danos materiais, além de indenização por danos morais de R$ 100 mil. A indústria contestou o pagamento do plano, alegando não haver 'plausibilidade jurídica' para tal.

 

O Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (SE) entendeu que a trabalhadora deveria arcar com uma cota parte do plano. Como não havia plano de saúde destinado exclusivamente ao tratamento da LER/Dort, e um plano normal contemplaria procedimentos não relacionados à doença, a empregada deveria fazer sua contribuição. O Regional também reduziu a indenização por danos morais para R$ 50 mil.

 

A costureira recorreu e a Segunda Turma restabeleceu a sentença quanto ao pagamento integral do plano de saúde. Para o ministro Renato de Lacerda Paiva, relator, a ausência de plano exclusivamente para o tratamento de LER/Dort não implica, por si só, a responsabilidade da trabalhadora pelo pagamento de uma cota parte. 'O artigo 950 do Código Civil de 2002 é silente neste sentido, prevendo apenas a responsabilidade pelo pagamento das ?despesas de tratamento?, que no caso dos autos se traduz no pagamento integral do plano de saúde', explicou.

 

O ministro afirmou ainda que se a empregada não pode mais exercer sua profissão e há necessidade de tratamento médico, 'a responsabilidade integral pelas despesas deve ser suportada apenas por aquela que lhe deu causa, ou seja, o empregador'.

 

.

 

Susep aprova identidade profissional para corretores de seguros

 

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) anunciou a aprovação do projeto que torna obrigatória a carteira de identidade profissional do corretor de seguros. O projeto, de autoria do deputado Lucas Vergílio (SD-GO), era fruto de uma reivindicação antiga do mercado de seguros, levantada no ano passado pelo Clube dos Corretores do Rio de Janeiro (CCS-RJ) em almoço com o superintendente da Susep, Roberto Westenberger.

 

Segundo o presidente da entidade, Jayme Torres, a iniciativa é uma vitória importante para a categoria, além de ser mais um passo para o desenvolvimento do setor de seguros. 'O corretor de seguros é o principal canal entre o cliente e a seguradora. Por isso, era fundamental que nós pudéssemos resgatar nossa identidade profissional, que é nosso maior orgulho', afirmou.

 

Em declaração ao CQCS, a autarquia, vinculada ao Ministério da Fazenda, revelou que a 'avaliação (do Projeto de Lei) é positiva, considerando que atende à justa reivindicação de uma categoria profissional muito importante para o desenvolvimento do setor de seguros'. Contudo, a diretoria da Susep relembrou que não considera o documento como 'pressuposto para o livre exercício da atividade', embora compreenda o anseio dos profissionais no sentido de fortalecimento da profissão do corretor de seguros.

 

 

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL

 

 


 

 

RSA Seguros lança campanha para corretores de Transportes

 

A RSA Seguros lançou a campanha Go: Dubai, cujo objetivo é incentivar e ampliar a venda dos produtos de Transportes, reconhecer os corretores com os melhores desempenhos com a companhia, além de promover novos negócios e estreitar o relacionamento com os parceiros.

 

'Para essa campanha visamos a impulsionar os negócios destinados ao segmento Transportes e também estreitar a nossa parceria com as corretoras parceiras que atuam neste mercado', afirma o superintendente de Marketing, Estratégia Corporativa e Desenvolvimento de Negócios da RSA Seguros, Marcelo Biasoli. 

 

 A Go: Dubai vai distribuir diversos prêmios mensalmente aos corretores que obtiverem as melhores pontuações no período. Ao final da campanha, as três corretoras de seguros que obtiverem os melhores desempenhos de vendas dos produtos de Transportes da RSA Seguros receberão uma viagem a Dubai - a principal atração turística dos Emirados Árabes. 'Escolhemos Dubai como destino desta campanha por ser uma cidade que proporciona diversas experiências e atividades, além de ser mundialmente conhecida por sua arquitetura futurista e luxuosa. Nossos corretores parceiros merecem desfrutar desta experiência', esclarece Biasoli.

 

A performance das corretoras será avaliada mensalmente através de uma pontuação baseada em metas. Os ganhadores finais serão anunciados em fevereiro de 2016, após o término da campanha.

 

Embasada em valores como conquista, superação, metas e produtividade, a campanha foi desenvolvida para aumentar a proximidade com os corretores, manter a marca RSA Seguros presente no dia-a-dia dos parceiros e também promover bons negócios.

 

 

SEGURO CIDADÃO

 

 


 

 

Seguros Unimed oferece Programa de Gestantes às suas colaboradoras

 

A Seguros Unimed entitula-se 'uma empresa essencialmente feminina'. Do seu quadro de colaboradores - com um total de 1.135 pessoas - 64% é composto por mulheres. Isso se reflete também nos cargos de liderança, pois 52% dos líderes da seguradora são mulheres. Esse cenário norteia o compromisso da Seguros Unimed com as mulheres e justifica uma série de benefícios dedicados e ?elas?, inclusive no momento da gestação.

 

A seguradora tem um Programa de Gestantes bem-estruturado, que tem o objetivo de dar todo o aparato às suas colaboradoras nesse momento tão especial da maternidade. O programa contempla palestras quinzenais com profissionais especializados em temas relacionados à gravidez, como aleitamento materno, alimentação pós-parto e cuidados com a saúde do recém-nascido. E no encerramento de cada ciclo da ação, a companhia realiza, no Espaço Gourmet de sua matriz, em São Paulo, em encontro para papais e mamães de primeira viagem.

 

Dentro do Programa de Gestantes da companhia profissionais/palestrantes alertam para os sinais de alterações emocionais. Além disso, dentro da Medicina Ocupacional, a Seguros Unimed tem uma médica do trabalho que faz atendimento às gestantes e acompanha os casos que apresente esse tipo de alteração emocional. Há também o apoio de uma psicóloga organizacional - que faz um trabalho de gerenciamento do estresse - e também dá suporte nos casos de depressão pós-parto.

 

Ainda dentro de seu pacote de benefícios voltados à qualidade de vida das gestantes, a Seguros Unimed disponibiliza, na própria companhia, duas vezes na semana, acompanhamento nutricional (com profissional especializado), enfermeira do trabalho e psicóloga. Disponibiliza auxílio-creche, parceria com academias do seu entorno, em São Paulo, distribuição de frutas durante o expediente (extensivo aos demais colaboradores) e desconto em leite e papinhas para bebês. E outro benefício importante que a Seguros Unimed disponibiliza - e é muito valorizado pelas gestantes - é a jornada flexível de trabalho, além dos quatro meses de licença-maternidade.

 

Durante o programa, a colaboradora recebe todas as orientações referentes à importância da amamentação e como deve ser feito o processo de armazenamento do leite. Além disso, as colaboradoras têm direto a 15 dias de aleitamento materno - após a licença-maternidade. Como projeto para 2015, a seguradora uma sala de apoio para que as colaboradoras possam fazer a retirada do leite - dentro da própria empresa que já está em funcionamento.

 

.

 

SulAmérica doa convites do musical Ópera do Malandro para instituição social do Rio

 

A SulAmérica, patrocinadora oficial do musical Ópera do Malandro, doou 200 convites do espetáculo para a ONG Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds), no Rio de Janeiro. Os convites foram oferecidos por meio da Lei Rouanet (Lei Federal de incentivo à cultura).

 

A SulAmérica promove ações para o incentivo a participação em eventos culturais por meio do Circuito SulAmérica de Música e Movimento, programa criado pela seguradora para o incentivo à cultura e eventos esportivos. O circuito já apoiou espetáculos como 'Tim Maia - Vale Tudo', 'As Noviças Rebeldes', 'Cazuza - Pro Dia Nascer Feliz', 'Katakló', 'Palavra Cantada' e 'Hello Dolly', entre outros.

 

Ópera do Malando é uma obra de Chico Buarque adaptada pelo diretor João Falcão, que apostou no resgate do ano de 1940, relembrando o cenário da antiga Lapa carioca que envolve a história do casamento secreto de um contrabandista e Teresinha, filha de um poderoso dono de bordéis. O espetáculo em 12 de março deste ano, em São Paulo e marcou presença também em Minas Gerais. Na último dia 6 de agosto, houve uma sessão especial no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, que contou com a presença de membros da ONG.

 

 

 

ENDOSSANDO

 

 


 

 

Argo se destaca como uma das principais seguradoras de RC Médicos no Brasil

 

Atualmente, o número de sinistros de Responsabilidade Civil Médicos cresce de forma significante dentro do mercado de seguros. De acordo com a JusBrasil, empresa jurídica brasileira, 43% dos médicos demandados em processos foram julgados culpados, e a maior condenação registrada hoje no STF ultrapassa o valor de R$ 800 mil. Dentro desse segmento, a Argo Seguros, subsidiária do Argo Group Internacional, já é considerada uma das líderes do mercado com mais de 12 mil apólices em Responsabilidade Profissional. A empresa oferece atendimento completo com profissionais especializados, se destacando pela agilidade em oferecer soluções personalizadas e com ampla cobertura.

 

A Argo Seguros oferece ao mercado o 'Protector Médicos' com coberturas para as esferas civil, administrativa e criminal, e ainda oferece mais outras oito coberturas particulares específicas que complementam o seguro, tais como, responsabilidade do médico em caso de infecção hospitalar e omissão de socorro, além de eficiência na regulação de sinistro por meio de profissionais altamente capacitados.

 

'É crescente a sinistralidade dentro do segmento de RC Médicos. Em 2014, tivemos um aumento de quase de 150% de ações contra os médicos, comparado ao ano anterior. Esse crescimento repentino se deu devido a facilidade de acesso as informações, fazendo com que os pacientes estejam mais informados em relação a patologias e tratamentos. A tecnologia está sendo uma grande aliada e o mercado de seguros tem sido influenciado por esse avanço. A Argo Seguros já está consolidada no segmento, com um crescimento de 247% na categoria, alcançando no total 7 mil apólices de médicos', explica Carlos Berlfein, subscritor sênior de Linhas Profissionais da Argo Seguros Brasil.

 

O seguro de RC Médico tem como objetivo proteger o patrimônio do segurado proporcionando as despesas de defesa nas esferas civil, criminal, bem como o pagamento de indenização ao terceiro em caso de condenação por dano reclamado em decorrência de erro ou omissão na prestação de serviço médico. A cobertura também dá a possibilidade do segurado firmar um acordo judicial ou até mesmo extrajudicial com terceiros.

 

No caso de processo ético administrativo o seguro também irá proporcionar as despesas de defesa para que o segurado contrate um advogado especialista no assunto, este tipo de questão é de suma importância, pois uma defesa bem feita pode evitar que o profissional perca sua licença.

 

A empresa também disponibiliza uma central de atendimento com exclusivo serviço de 'Sala de Emergência' para orientar e esclarecer todas as dúvidas do segurado durante a cobertura e auxiliá-lo no que for preciso. E também, algumas vantagens exclusivas para os segurados dentro do canal 'Central de Benefícios' com produtos e serviços como Multiplus, Fast Shop, Centauro, entre outros.

 

O segurado poderá efetuar o pagamento da contratação via boleto, cartão de crédito ou débito em conta. Atualmente, a linha Protector conta com segurados em mais de 1.660 cidade em todos os estados do país e mais de 1.500 corretores cadastrados.

 

.

 

Berkley investe em sistema user-friendly para Seguro Garantia

 

A Carteira de Garantia da Berkley conta com um sistema on-line para comercialização do produto que garante agilidade nos processos junto a corretores parceiros. A ferramenta acaba de ser atualizada e dispõe de um layout user-friendly, o qual facilita o acesso de usuários que buscam produtos da área de Garantia. 

 

Com uma versão compacta, o sistema proporciona fácil adesão e entendimento, é acessível para operações de varejo e atente as modalidades mais tradicionais do segmento - garantia de concorrência ou 'Bid Bond' (BID), que garante indenização ao segurado (contratante da obra ou serviço), caso o vencedor da licitação deixe de assinar o contrato; e a garantia de executante ou 'Performance Bond', produto que garante ao segurado o cumprimento das obrigações assumidas no contrato.

 

O sistema, disponível no Portal do Corretor da Berkley, dispensa consulta do Sistema Integrado de Crédito (SIC) para limite de crédito do tomador e oferece coberturas diferenciadas.

 

.

 

Par Corretora cresce 51% no segundo trimestre de 2015

 

A Par Corretora registrou crescimento de 51,0% no segundo trimestre de 2015, em comparação com o mesmo período do ano anterior. O faturamento da empresa passou de R$ 68,0 milhões para R$ 102,7 milhões, refletindo o potencial de negócios do ambiente de seguros da Caixa. Durante o período, a Par Corretora alcançou o maior lucro líquido da empresa para um trimestre: R$ 34,2 milhões. O valor foi 76,1% maior do que o registrado nos meses de abril, maio e junho de 2014.

 

Os bons resultados marcam o novo momento da empresa, que no início de junho deste ano realizou uma bem-sucedida operação para oferta pública inicial de suas ações na Bolsa de Valores. A Par Corretora é uma das mais sólidas corretoras de seguros do mercado, com mais de quatro décadas de experiência comercializando soluções de seguros pessoais e empresariais em todo o território nacional. 

 

.

 

Aconseg-RJ dá boas vindas ao novo presidente da entidade em São Paulo

 

Novo comando, novos ares e a sensação de continuidade de boas perspectivas. Foi assim que o presidente da Aconseg-RJ, Olívio Américo, definiu a chegada do novo presidente da entidade em São Paulo, Marcos Colantonio, no último dia 12. O executivo, da Copa Sul Assessoria de Seguros, substitui Jorge Barbosa.

 

'Em um momento em que as assessorias de seguros ganham ainda mais força como importante canal de vendas para as seguradoras, a chegada de uma nova liderança em um Estado tão importante como São Paulo trará bons ventos à categoria', afirmou Olívio Américo, da Aconseg-RJ.

 

Marcos Colantonio é membro da atual Comissão Editorial da Aconseg-SP e comandará a entidade no biênio 2016-2018.

 

.

 

Robert Bittar será o entrevistado do próximo Programa Seguro

 

O presidente da Escola Nacional de Seguros, Robert Bittar, será o entrevistado do Programa Seguro, que irá ao ar no próximo domingo, 23 de agosto, a partir das 20h, na TV Gazeta. A apresentação é do vice-presidente do Sincor-SP, Boris Ber.

 

Na entrevista, serão abordados diversos assuntos relacionados à Escola, como a inauguração da nova sede da instituição em São Paulo, a importância da formação dos corretores de seguros e o portal Tudo Sobre Seguros, além de temas do mercado de seguros em geral.

 

 

Categoria: Notícia

Publicado em:

Cadastre-se

Cadastre-se e receba nossos informativos relacionados.

By Redbit